Mega da Virada: PM é acusado de sumir com R$ 35 mil de bolão no AM

2 jan 2024 - Brasil - Mundo

Um policial militar é acusado de sumir com mais de R$ 35 mil arrecadados por colegas de trabalho para um bolão da Mega da Virada. O caso aconteceu em Manaus, no Amazonas. Os PMs que deram o dinheiro para o colega fazer a aposta registraram um boletim de ocorrência na Polícia Civil na madrugada de domingo (31/12).

De acordo com a Rede Amazônica, o suspeito é o cabo da Polícia Militar Augusto Macario de Menezes. Colegas também o acusam de fraudar bilhetes e usar o dinheiro em apostas esportivas.

No total, 126 pessoas participavam do bolão e cada um repassou R$ 280 via Pix para o PM, totalizando R$ 35.280. No entanto, de acordo com os agentes, ele teria apostado apenas R$ 500 na loteria da Caixa.

As vítimas do golpe afirmaram que o Menezes parou de responder às mensagens dos PMs após receber as transferências. Ao ser procurado por um colega de trabalho, em casa, ele admitiu que gastou o dinheiro com outras coisas e não com as apostas da Mega.

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) informou que vai apurar o caso e abrirá um processo administrativo contra o PM. “A PMAM ressalta que não compactua com quaisquer práticas ilícitas de seus agentes”, destacou.

O Metrópoles também entrou em contato com a Polícia Civil sobre o caso e aguarda retorno.

Fonte: Metrópoles