Secretária cobra providências contra vereador que admitiu agredir mulher

9 dez 2023 - Destaques

A Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana da Paraíba pediu ao Ministério Público Estadual providências sobre episódio registrado em sessão da Câmara Municipal de Piancó, no Sertão do Estado, em que um vereador Pedro Aureliano (Cidadania) admitiu que agride mulher.

Ao Portal MaisPB, a chefe da pasta, Lídia Moura, considerou que o parlamentar prometeu violência política de gênero quando admitiu durante sessão no plenário que já bateu em mulher.

Segundo a secretária, a violência fica evidente em trechos da fala do parlamentar ao assumir que bateu em mulher. O entendimento da pasta é que há uma tentativa de naturalizar a violência.

“É inadmissível. Nós da secretaria da mulher e da diversidade humana repudiamos a atitude desse vereador e fazemos um apelo para que aquela casa legislativa abra os procedimentos cabíveis. Naturalizando, propagando, defendendo essa violência como se fosse algo natural. Esperamos que o Ministério Público tome as providências”, afirmou.

A violência de gênero aconteceu nessa quinta-feira (7), enquanto a sessão era gravada e transmitida. Durante um bate boca com outro parlamentar da Câmara Municipal, o vereador Pedro Aureliano admitiu bater em mulher o ameaçou de agressão física. Assista.

MaisPB