Homem é preso após atear fogo em um barraco na comunidade Sem Terras em Uiraúna

5 jun 2024 - Destaques

Na tarde desta segunda-feira (03), o natural Antônio Marcos de Oliveira, 48 anos, foi preso após atear fogo em seu próprio barraco na comunidade Sem Terras, localizada no Sítio Capivara, zona rural de em Uiraúna, Paraíba. O incidente ocorreu por volta do meio-dia, gerando grande preocupação entre os moradores da área, pelo medo de as chamas se espalhar.

Segundo relatos, o homem, visivelmente embriagado, provocou o incêndio após uma discussão, colocando em risco os barracos vizinhos. A Polícia Militar foi prontamente acionada por moradores da comunidade e chegou rapidamente ao local.

Os policiais, sob comando do 1º Sgt Evanilson agiram rapidamente, conseguindo controlar as chamas, utilizando-se de baldes com água dados pela vizinhança, pois naquele momento seria inviável aguardar a chegada dos bombeiros, devido a distancia, desta forma, evitando que o fogo se espalhasse para outras residências. O acusado confessou o crime no local e continuou a fazer ameaças, sendo imediatamente preso pela guarnição policial.

O homem foi levado ao Centro Médico de Uiraúna para a realização de exames de praxe e, posteriormente, conduzido à delegacia local para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

O Artigo 250 do Código Penal estabelece que “causar incêndio, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem” é crime. As penas previstas variam de três a seis anos de reclusão, além de multa.

A ação rápida e decisiva da Polícia Militar foi fundamental para garantir a segurança dos moradores da comunidade e impedir que o incidente se transformasse em uma tragédia de maiores proporções.

UIRAUNA.NET com Informação da PM

Fotos: Polícia Militar