Homem usava aplicativo para chamar motoboys e roubar até lanche, diz polícia

11 abr 2024 - Nordeste

Um homem suspeito de cometer dezenas de roubos a entregadores de moto por aplicativo foi preso em João Pessoa. O homem de 19 anos responde também por outros crimes, como homicídios e tráfico de drogas. Atualmente, há cinco inquéritos em tramitação contra o suspeito. Os detalhes da prisão foram divulgados nesta quarta-feira (10).

De acordo com o delegado Lucas Sá, da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos em João Pessoa, os roubos tinham foco em pessoas que trabalham com motos, se aproveitando de pedidos por aplicativos. “Quando o entregador chegava, ele roubava não só a moto, mas também o lanche que estava sendo entregue”, explica o delegado.

A localização do homem foi possível através do Disque Denúncia. Identificado apenas como Guga, o homem estava na casa da avó, no bairro do Costa e Silva, no sábado, e foi preso em flagrante por porte de arma de fogo. Ainda segundo o delegado, a sua identificação foi possível após vários boletins de ocorrência registrados na delegacia, principalmente pela descrição de uma tatuagem em seu braço esquerdo na forma de um terço.

“Todos os motoqueiros reconheceram esse sinal característico. Conseguimos primeiramente a identificação dele completa e então verificamos que ele responde a vários processos, não só por roubo, mas também por homicídio e tráfico de drogas”, explicou Lucas Sá

O homem, conforme o delegado, faz parte de uma facção criminosa. Todas as informações foram reunidas e encaminhadas para a Justiça e desde o mês de outubro o mandado de prisão estava aberto, período durante o qual ele seguiu realizando os crimes.

“Nós solicitamos para que outras pessoas que vejam a imagem do Guga e o reconheça que também vá à delegacia, e ressaltamos a importância do Disque Denúncia para que crimes desse tipo sejam evitados”, destacou.

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações podem ser direcionadas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, pelo qual podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

 

Maistvdenois

 

Fonte: G1 Paraiba.