PF terá estratégia-surpresa para interrogar Bolsonaro e outros hoje

22 fev 2024 - Brasil - Mundo

A Polícia Federal terá hoje uma estratégia diferente para usar durante os interrogatórios de Jair Bolsonaro e dos demais depoentes da Operação Tempus Veritatis.

As equipes que conduzirão as investigações vão se falar durante os depoimentos, de maneira que um delegado poderá saber o que outro investigado está falando, em outra sessão, e poderá usar essas informações no interrogatório que está fazendo.

Assim, será possível, por exemplo, questionar o general Augusto Heleno usando algo que seu colega de farda, ministério e golpismo Braga Netto acabou de falar em outra sala da Polícia Federal.

Isso pode desestabilizar alguém que pretendesse ficar calado e que, ao ver que alguém está dando uma versão ruim para ele noutra sessão, mudar a decisão e passar a também responder.

 

Maistvdenois

 

Fonte: Metrópoles.