Servidor do TJ é preso em Natal suspeito de matar psicóloga em Assú/RN

24 abr 2024 - Nordeste

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte confirmou que foi preso em Natal o homem suspeito de matar a psicóloga Fabiana Maia Veras, de 42 anos, na tarde de terça-feira (23), em Assú.

O homem preso é um servidor do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN). A prisão aconteceu em um condomínio de Nova Descoberta, na capital potiguar, no momento em que ele chegava em casa.

De acordo com a polícia, a principal linha de investigação sobre a motivação do homicídio aponta para “crime passional“.

Como foi o crime

Imagens gravadas por câmeras de segurança registraram um suspeito entrando na casa da vítima e sendo recebido por ela. Segundo a polícia, o homem preso é o mesmo que aparece nas filmagens.

Fabiana Veras foi encontrada morta dentro da casa onde morava e onde também realizava seus atendimentos em Assu, no Oeste potiguar, na noite desta terça-feira (23), por volta das 18h.

A possível motivação do crime ainda não foi informada.